Fácil de beber e com taninos maduros, entenda porque a uva malbec caiu no gosto dos brasileiros

marielly Colombo
marielly Colombo marielly Colombo
3 Min Read

O dia 17 de abril é marcado pelo Dia Mundial da Malbec, a variedade francesa mais argentina que existe

A uva malbec, importante casta da Argentina, ganhou uma data comemorativa. O dia 17 de abril é destinado à variedade de origem francesa que tem grandes admiradores ao redor do mundo e está presente na produção de diversos rótulos famosos.

REFERÊNCIA NA ARGENTINA
Quando cultivada no sudoeste da França, a malbec era apenas mais uma casta. No final de século 19, com o início do progresso de Mendoza, província argentina, a variedade se destacou e, hoje, é referência no país vizinho. Por lá, a adaptabilidade na região de solo desértico, com altitude e poucas chuvas, fez com que a uva se desenvolvesse bem, com maturação completa dos cachos, gerando vinhos de grande expressão. Consequentemente, as vinícolas ganharam reconhecimento mundial. Hoje em dia, outras regiões, como a Patagônia, também exploram a vitivinicultura com a uva francesa mais argentina que existe.

PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS
Grande parte dos vinhos malbec são varietais, mas a uva também compõe bem cortes. É uma das cultivares autorizadas a ser plantada em Bourdeaux, na França, por ser mais resistente ao calor – então, pode ser utilizada em cortes de vinhos franceses.

Quando bem maturada, como é o caso em Mendoza, a malbec produz vinhos frutados, apresentando amora, ameixa e cereja preta. Em boca, apresenta taninos maduros e corpo aveludado, que encantam os brasileiros. Tradicionalmente, esses vinhos extraem importantes características da uva, como cor, aromas e taninos. O álcool é mais elevado e, no paladar, apresenta dulçor e secura, características relacionadas ao método de elaboração do vinho.

Alguns rótulos também passam por barrica de carvalho, incluindo ícones com 18 e até 24 meses de maturação. Atualmente, a região da Patagônia vem apresentando vinhos mais frescos, elegantes e, muitas vezes, sem uso do carvalho.

NO PALADAR BRASILEIRO

Cledi Sodré, diretor e sommelier da Sommelier Vinhos, reforça que malbec encanta os brasileiros – que é um dos principais consumidores da uva. O motivo são as características, que são boas ao nosso paladar: sabor exuberante de frutas vermelhas, como amora e mirtilo, que dá um toque levemente adocicado, taninos elegantes e sedosos e uma boa acidez, que proporciona um maior prazer ao beber são algumas delas.

NA COZINHA
A uva tem taninos doces e potentes, e aroma de frutas, o que agrada a grande maioria dos brasileiros. No Rio Grande do Sul, com a tradição do churrasco, os vinhos malbec acabam tendo destaque natural para a harrmonização com carnes, segundo Tarcis Rafael Capelletti, sommelier do Armazém dos Importados.

DICAS DE RÓTULOS
Selecionamos rótulos para você celebrar o Dia do Malbec com a taça cheia.

Compartilhe esse Artigo
Deixe um Comentário