Vinhos brasileiros são premiados com ouro e prata em competição na França

Giampiero Rosmo
Giampiero Rosmo Giampiero Rosmo
4 Min Read

Brasil já soma 147 distinções em concursos internacionais neste ano; prêmios vêm da Espanha, França, Grécia e Portugal

O Brasil acaba de angariar mais prêmios internacionais para seus vinhos: no final de abril, 31 distinções foram alcançadas no 47º Challenge International du Vin, realizado entre os dias 21 e 22 em Bordeaux, capital mundial do vinho.

Organizado pela Asociación CDV – Concours Des Vins, o concurso é tido como a mais antiga competição de vinhos e destilados organizada na França.

Ao todo, a atual edição reuniu 2.666 amostras de 24 países, que foram avaliadas por 400 degustadores internacionais.

Vale salientar que cada vinho ou destilado é provado por um painel de quatro provadores, dos quais pelo menos dois terços são provadores de vinhos qualificados.

Dos 31 prêmios alcançados pelos vinhos e espumantes nacionais, dois são especiais de categoria, 23 são Medalhas de Ouro e seis de Prata – os prêmios especiais destacam a melhor pontuação de Medalha de Ouro de cada categoria, registrando de 95,33 a 100 pontos.

Os exemplares são da Serra Gaúcha e de Campos de Cima da Serra.

Ambos os prêmios especiais do Brasil foram para produtos da Vinícola Campestre, localizada em Vacaria, no Rio Grande do Sul. O Zanotto Espumante Moscatel levou o Prêmio Especial Espumante Branco, já o Zanotto Espumante Moscatel Rosé recebeu o Prêmio Especial Espumante Rosé.

Confira a seguir todos os premiados brasileiros no 47º Challenge International du Vin:

Prêmio Especial Espumante Branco
Zanotto Espumante Moscatel – Vinícola Campestre
Prêmio Especial Espumante Rosé
Zanotto Espumante Moscatel Rosé – Vinícola Campestre
Medalha de Ouro
Arte Viva Elementar Merlot 2021 – Vinícola Arte Viva
Aurora Reserva Merlot Rosé – Cooperativa Vinícola Aurora
Casa Valduga 130 Espumante Blanc de Noir – Casa Valduga Vinhos Finos
Casa Valduga 130 Espumante Brut – Casa Valduga Vinhos Finos
Casa Valduga Terroir Exclusivo Marselan 2020 – Casa Valduga Vinhos Finos
Garibaldi Espumante Moscatel – Cooperativa Vinícola Garibaldi
Garibaldi Espumante Moscatel Rosé – Cooperativa Vinícola Garibaldi
Garibaldi Espumante Prosecco Rosé – Cooperativa Vinícola Garibaldi
Maison Forestier Chardonnay 2022 – Maison Forestier Vinhos e Espumantes
Microlote Chardonnay – Vinícola Uvva
Ponto Nero Live Celebration Espumante Brut – Ponto Nero
Salton Espumante Brut Rosé – Vinícola Salton
Sozo Terroir Barbera 2021-2022 – Sozo Vinhos de Altitude
Zanotto Corte Reserva 2020 – Vinícola Campestre
Zanotto Espumante Moscatel – Vinícola Campestre
Zanotto Espumante Moscatel Rosé – Vinícola Campestre
Zanotto Gewurztraminer 2022 – Vinícola Campestre
Zanotto Merlot 2020 – Vinícola Campestre
Zanotto Reserva Merlot 2020 – Vinícola Campestre
Zanotto Reserva Sauvignon Blanc – Vinícola Campestre
Zanotto Reserva Tannat – Vinícola Campestre
Zanotto Sauvignon Blanc 2021 – Vinícola Campestre
Zanotto Tannat 2020 – Vinícola Campestre
Medalha de Prata
Casa Valduga Premivm Espumante Extre Brut – Casa Valduga Vinhos Finos
Ponto Nero Cult Espumante Brut – Ponto Nero
Ponto Nero Cult Espumante Brut Rosé – Ponto Nero
Salton Ouro Brut Rosé – Vinícola Salton
Salton Prosecco Rosé – Vinícola Salton
Zanotto Malbec 2020 – Vinícola Campestre
Vale salientar que, de acordo com a Associação Brasileira de Enologia, o Brasil já soma 147 premiações em concursos internacionais somente este ano. Os prêmios vêm de oito concursos realizados em diferentes países da Europa, como Espanha, França, Grécia e Portugal – só da França são 79 distinções.

Compartilhe esse Artigo
Deixe um Comentário