Educação financeira nas escolas: como ensinar?

marielly Colombo
marielly Colombo marielly Colombo
3 Min Read
Cláudia Angélica Martinez

Você sabia que a educação financeira é uma das pautas mais importantes que devem estar em vigor nas escolas? Cláudia Angélica Martinez acredita que, mesmo assim, muitas escolas ainda não adotaram a prática de ensinar esse tipo de educação nas salas de aula, mesmo que seja essencial. Leia neste artigo tudo sobre educação financeira e em como essa pauta é importantíssima para as crianças atualmente.

A importância da educação financeira

A educação financeira é uma forma de ensinar como priorizar suas contas e administrar seus gastos da forma correta, evitando desperdício de dinheiro e evitando prejuízos para suas economias. Por isso, essa é uma pauta que deve ser abordada desde criança, para que os jovens já tenham noção de como esse é um assunto importante para sua vida adulta.

Cláudia Angélica Martinez é empresária e acredita fortemente que a educação financeira é essencial para que um jovem já cresça com uma ideia já concreta sobre como devem ser responsáveis com suas contas e economias. Sendo assim, é importante que a educação financeira esteja presente nas escolas promovendo o pensamento financeiro e administrativo.

As crianças precisam aprender?

Devem! Como mencionado, as crianças devem aprender tudo sobre vida financeira, desde contar suas moedas até fazer contas complexas para separar suas economias quando maiores. Obviamente, as contas mais voltadas ao público adulto não serão necessárias nesse período, porém, a ciência de que ser responsável é preciso já deve ser implantada para que eles sejam pessoas responsáveis e conscientes financeiramente. 

Para Cláudia Angélica Martinez, as crianças são o passo essencial para que as futuras gerações sejam pessoas mais responsáveis com suas contas, afinal, tudo o que elas aprendem, absorvem rapidamente, o que as dá tempo para fixar e memorizar cada passo a passo na hora de guardar uma quantia, gastar o necessário e até mesmo evitar golpes financeiros.

Colocando em prática!

Educação financeira não é apenas sobre como aprender a gastar, mas sim como criar estratégias para evitar prejuízos e sair por cima. Todos nós vendemos nossa força de trabalho em troca de uma remuneração, então é comum que não queiramos passar por desperdícios ou qualquer coisa do tipo. Sendo assim, é importante que a educação financeira seja uma matéria essencial nas escolas privadas e públicas principalmente, ajudando muitos alunos a saberem lidar com seus ganhos e melhorar sua qualidade de vida.

Cláudia Angélica Martinez, como empresária, acredita que a educação financeira pode mudar a vida de muitas pessoas que não sabem lidar com a sua vida financeira. Por isso, as autoridades devem criar políticas que tornem essa pauta obrigatória no ensino fundamental e, principalmente, no ensino médio.

Compartilhe esse Artigo
Deixe um Comentário