Começa a venda de ingressos para o Vinhos de Portugal 2023

marielly Colombo
marielly Colombo marielly Colombo
5 Min Read

Evento comemora dez anos trazendo ao Brasil mais de 80 produtores e enólogos para provas especiais no Jockey Club do Rio e no Shopping JK Iguatemi, em São Paulo

Chegou a hora de dar a largada no Vinhos de Portugal 2023. A décima edição do evento realizado pelos jornais O GLOBO, Público e Valor Econômico em parceria com a Vini Portugal será realizada no Jockey Club do Rio de Janeiro (de 9 a 11 de junho) e no Shopping JK Iguatemi, em São Paulo (de 15 a 17 de junho). A venda de ingressos começa nesta quarta-feira, dia 10, com preços a partir de R$ 143.

Como em anos passados, o Salão de Degustação vai concentrar todos os produtores que vieram de Portugal para apresentar por aqui suas garrafas. Eles serão 81 no Rio e 83 em São Paulo. O time de críticos no comando das provas e dos bate-papos está mantido: os brasileiros Dirceu Vianna Júnior, única pessoa de língua portuguesa a obter o título de Master of Wine, e Jorge Lucki, colunista do Valor Econômico e da rádio CBN; a argentina Cecilia Aldaz, sommelière do Oro; e os jornalistas portugueses Alexandra Prado Coelho, Manuel Carvalho e Luís Lopes.

Este ano, a programação inclui provas temáticas das regiões vinícolas do Alentejo, Dão, Lisboa, Península de Setúbal, Tejo, Vinhos Verdes, Douro e Porto.

Programação
Para celebrar os dez anos do Vinhos de Portugal no Brasil, a ideia é reforçar ainda mais os grandes encontros de produtores e enólogos com o público brasileiro. Por isso, uma série de provas especiais vão apresentar grandes personagens e seus vinhos.

Quem estiver no Rio vai poder participar de uma prova com Fernando Guedes, presidente da Sogrape, a maior empresa de vinhos portugueses; outra com Celso Pereira, da Quanta Terra e da Vértice; e Anselmo Mendes, o rei da Alvarinho, casta mais célebre da região dos Vinhos Verdes, e enólogo que esteve presente em todas as edições, desde 2014. A programação inclui também uma prova focada na casta Touriga Nacional, uma de vinhos do Porto e outra da região dos Vinhos Verdes, com garrafas mais antigas, de safras entre 2009 e 2015, algo raro para o consumidor brasileiro.

Já em São Paulo, a série de provas especiais terá a participação de Dirk Niepoort, “o revolucionário do Douro”, e outra sobre a família Roquette, do Esporão e da Quinta do Crasto, com presença do CEO da Esporão João Roquette. Vinhas velhas, enoturismo no Alentejo, blends, castas portuguesas e os Porto Vintage são temas de outras provas na cidade.

Nas duas sedes, o Vinhos de Portugal programou uma prova especial em comum: um encontro de Luís Pato e Domingos Alves de Sousa, duas lendas do vinho português, com o crítico Dirceu Vianna Júnior. Também nas duas cidades, as regiões do Dão e de Lisboa serão temas de harmonizações de vinhos portugueses com a gastronomia brasileira.

Produtores
No Rio e em São Paulo, todos os produtores participarão de conversas com os críticos e convidados. Esses bate-papos, mais curtos e descontraídos do que as provas, são abertos ao público. A lista completa de convidados será divulgada em breve.

A 10ª edição dos Vinhos de Portugal é uma realização dos Jornais Público, O Globo e Valor Econômico, em parceria com a ViniPortugal, com a participação do Instituto dos Vinhos do Douro e Porto, com o apoio das Comissões Vitivinícolas do Alentejo, Lisboa, Dão, Tejo, Vinhos Verdes e Península de Setúbal, Agência Regional de Promoção Turística Centro de Portugal e TAP Air Portugal, água oficial Águas Prata, hotel oficial Fairmont Rio (RJ), local oficial Jockey Club Brasileiro (RJ), rádio oficial CBN e curadoria Out of Paper.

Compartilhe esse Artigo
Deixe um Comentário